Junte-se a nós
e partilhe-nos
Deficiência de ferro
Alguns sintomas de deficiência de ferro são: fadiga e falta de energia; diminuição da capacidade de concentração; menor resistência durante exercício; aumento e frequência de infecções; palidez, olheiras; mãos e pés frios.
Sabia que

Depressão

2014-05-30

O volume de vendas de antidepressivos aumentou mais de 40%.

A depressão tornou-se uma ameaça? Cremos que sim. Não convém dar esse passo muito depressa. A palavra depressão é usada nos dias de hoje para quase todo, serve para esconder realidades tais como situações de cansaço, angústia mas a verdadeira depressão é diferente.

Tantos estados de espírito que não devem ser negligenciados e exigem estratégias diferentes. É tão perigoso querer curar a melancolia com comprimidos da "felicidade” como esperar que passe quando já se mergulhou numa grande tristeza.

Devemos reforçar a resistência ao stress e às pequenas contrariedades adoptando pequenos truques para viver melhor.

O lado positivo:

A vida nem sempre é um mar de rosas, mas não tem de ser um calvário. Luto, separação [ou divórcio], crises de saúde nada obriga a fixar-se no lado negativo.

Valorizar as pequenas coisas que fazem parte do dia-a-dia ajuda a minimizar os aspectos menos bons da vida.

Pode usar-se a alimentação e suplementos naturais para melhorar o estado de saúde.

Stress, ansiedade, nervosismo, excesso de álcool e tabaco, carências vitamínicas, doenças infecciosas podem levar à depressão. Reforço de resistências pode ser combatido com a ajuda de uma boa alimentação e alguns suplementos alimentares.

Faça mais desporto: mexer-se é um esforço meritório. A começar pela satisfação de conservar uma silhueta elegante e assim evitar os aumentos de peso.

Inúmeros estudos vêm demonstrar que a prática de exercício físico favorece a libertação de endorfinas, substância segregada no cérebro pelo hipotálamo e pela hipófise que se dispersam no sistema nervoso e têm um efeito eufórico e ansiolítico.

5 Conselhos para manter o sorriso e não entrar em depressão:

  1. Desabafe, refile, resmungue quando for preciso, engolir tudo equivale a acumular o stress.
  2. Durma cinco a oito horas. A falta de sono dá cabo do cérebro.
  3. Opte pelo açúcar, oferecer-se um bolinho, um chocolate ou um gelado de vez em quando não é assim tão terrível e é excelente para a moral.
  4. Procure um derivativo, ioga, canto, música ou outra coisa. Actividades que desenvolvam um dos aspectos da sua personalidade são fonte de equilíbrio.
  5. Mime-se, leve tempo a maquilhar-se, vá ao cabeleireiro ou à esteticista. Todos os pequenos prazeres fazem falta e geram pensamentos positivos.

Alegria no seu prato

O cérebro e o corpo precisam de alimentos seja como suplementos ou produtos naturais, para trabalhar bem o cérebro precisa de matéria-prima.

Vitaminas do grupo B desempenham um papel essencial no funcionamento do sistema nervoso. Oligoelementos e minerais, tais como o magnésio e o fósforo e o sódio e o potássio são indispensáveis.

Suplementos alimentares para a depressão: Ómega 3, 5-HTP, L – Tyrosine, St. John`s Worth Extract


Fonte: Natiris (Jardim Verde)


voltar
Subscreva a
newsletter